29 de out de 2008

01/11/2008 Caiçara's Rock



CAIÇARA'S ROCK APRESENTA AS BANDAS:

FRONT ATTACK LINE (TRASH METAL)
MEDUSA (POP/PUNK)
QUÍMIO (HARD ROCK)
SAPHIRA (SCREAMO)
THE SILENCE(ALTERNATIVE)

NA GRANDE FESTA DE INAUGURAÇÃO DA CAIÇARA'S ROCK QUE SERÁ REALIZADO NO DIA 01 DE NOVEMBRO (SÁBADO).
PREÇO: SOMENTE R$ 4,00 COM AS BANDAS E R$ 6 REAIS NA PORTA.

LOCAL: CLUBE A.D.C.S. - ASSOCIAÇÃO DOS CONFERÊNTES DE SANTOS!(salão de festas)
Rua Xavier Pinheiro,144
Macuco - Santos

churras e breja no local.
sorteio de um piercing da kabulosa ....na faixaaaa(apenas para maiores de 18 anos)
primeira banda sobe ao palco as 17:00

Resenha: Endless Massacre II

O selo santista Violent Rec. lançou recentemente a coletânea Endless Massacre II, após mais de dois anos de batalha e perseverança. No total são 19 bandas participantes, incluindo diversas bandas da região, totalizando mais de 80 minutos de boa música!

Iniciando o CD temos o Predatory de Praia Grande/SP, mostrando na música "Visions World Apart" seu excelente thrash metal com várias passagens mais rápidas, beirando o death metal. "Visions World Apart" é a faixa título de uma demo-tape lançada em 2005, que contém mais seis músicas e uma faixa multimídia. Vale a pena dar uma conferida!

Em seguida é a vez do Chaosmaster, projeto que envolve vários nomes do metal nacional. A atual formação conta com Luiz Carlos (bateria/vocal - Hierarchical Punishment, Repulsão Explícita, Predatory), Marcelo Miranda (guitarra - Arum, Olam Ein Sof, Canis Lupus), Cleber (guitarra - Empire of Souls), Carlos Diaz (baixo - Vulcano, Hierarchical Punishment). Já fizeram parte desse projeto Zhema Rodero (Vulcano) e Vítor Rodrigues (Torture Squad). "Synthesis of Existence" faz parte de um single gravado em 2006, cuja junção das diferentes influências de seus integrantes resultam em um black metal fortemente influenciado por bandas de heavy metal.

O March of Hate (Monte Azul Paulista/SP) está executando seu Thrash Metal cantado em português desde 2002 e participa dessa coletânea com duas músicas, "Pronuncio" e "Cavalo Destroia", também presentes em seu debut "Atitudes Massacrantes", lançado em 2007. O som deles é bem interessante, fugindo um pouco do padrão, com partes rápidas bem empolgantes.

Na seqüencia temos o Austhral (Florianópolis/SC), uma banda de black metal fortemente influenciada por elementos folclóricos e ancestrais da região sul do Brasil. "Sacred" é uma das músicas presentes em "Tocado a Vento", CD lançado neste ano pela Face The Abyss Rec. Nesse registro percebemos claramente originalidade e competência por parte dos integrantes. O som é muito bem trabalhado e dosado, onde não há perda da agressividade. Mas sinceramente o que mas me chamou mais a atenção foi a temática da banda, que não cai na mesmice de sempre, ou seja, oque é valorizado por eles faz parte da nossa história como brasileiros.

O Wicked Funeral (Manaus/AM) é um trio de death metal bem expressivo na região Norte. "Satanic Possession" é uma boa música, um death metal brutal com passagens bem interessantes, mas pecou em um pequeno detalhe na gravação: quando há um solo de guitarra só ouvimos o baixo e a bateria, então parece que há um "buraco" na música. Mas tirando esse detalhe técnico, creio que a banda terá um futuro promissor.

O Genocídio (São Paulo/SP), banda veterana com mais de 20 anos de estrada, é mais uma das bandas participantes da coletânea. "Nightmarishly" foi o primeiro trabalho criado pela atual formação - Murillo Leite (guitarra/vocal), W. Perna (baixo), Dennis Decurion (guitarra) e Fábio Moysés (bateria) - e marca o retorno da banda, que estava parada desde 2002. Essa música mostra um "novo" Genocídio, mais técnico e ainda mais influenciados por bandas de gothic rock (como Sisters of Mercy) e doom metal "old school". Com um ritmo lento, cadenciado e com muito peso o Genocídio agradará em cheio os antigos fãs e certamente conquistará novos admiradores de sua arte.

A próxima banda é o Malkuth (Recife/PE), que está em atividade desde 1993 e desde então tem se destacado no cenário black metal, realizando apresentações em diversos estados e lançando vários registros, incluindo DT's, CD's e participações em compilations."The Voice of Hastur" faz parte de seu mais recente trabalho, Nekro Kult Khaos, lançado em 2003 e trata-se de um black metal muito bem executado por seus integrantes. "The Voice of Hastur" tem bases e uma linha de baixo muito bem trabalhadas onde não há perda de elementos bem característicos do estilo.

De São José/SC, temos o Sengaya que participa dessa coletânea com cinco sons: "Projeto Insano", "Realidades Brasileiras", "Desatentos", "Lutar" e "Paz Digerida". Fazendo um grindcore "old school" agradará em cheio os fãs do estilo! Rápido, brutal e demente!

O Delicta Carnis (Vitória/ES) apesar de ser uma banda relativamente nova é formado por veteranos da cena capixaba e mineira."Flames of Surtur" foi a música escolhidas por eles para esse coletânea e nos mostra um death/black metal com um grande potencial, é uma música coesa, com passagens variadas, sem deixar de ser brutal.

Na seqüencia, é a vez Abomydogs (Santos/SP), powertrio formado por veteranos da cena da baixada santista. "Death Machine" e "R.I.P" dão uma boa visão da proposta da banda: "power rock", como eles mesmos se rotulam. Nada mais é que a fusão de influências de bandas de power e heavy metal com bandas de rock dos anos 60 e 70 com uma pitada de Motorhead. Misturando tudo isso, com a experiência e a pegada característica de cada um dos músicos você tem o Abomydogs. Algo bem diferente do que se vê por ai, um som total "raizeira", mas que soa como atual.

Continuando, temos o Keophz (Curitiba/PR), uma banda relativamente jovem que tem como proposta tocar thrash/death metal. "Sell your Soul" é uma música interessante com vocal rasgadão, boas idéias, melodia e passagens bem rápidas. Acredito que por ser uma banda com pouca experiencia em gravação, em algumas partes o peso da guitarra dá uma sumida, mas isso é uma coisa que com o tempo e experiência pode ser facilmente corrigido.

O Moments of Gore (São Vicente/SP) é mais uma banda da baixada presente na coletânea. "Evil Mind" e "Suicide" nos mostra um death metal brutal, fortemente influenciado por bandas de grindcore. É bagaçeira do começo ao fim, sem descanso! As músicas tem bases bastante variadas, tudo extremamente rápido e bem tocado. Vale a pena conferir! Tem tudo pra se tornar uma banda bem conhecida além das nossas fronteiras!

A próxima banda é o Empire of Souls (Santos/SP), banda já bem conhecida no underground nacional. "You Evoked Us..." é o primeiro trabalho gravado após o lançamento do debut CD Revenge Circle. Nessa nova fase, vemos o Empire of Souls fazendo um black metal ainda mais veloz, porém com bases ainda mais trabalhadas. Nessa música não há como destacar o "duelo de guitarras" nada convencional... muito interessante a idéia! O única porém é que em algumas partes a gravação ficou um pouco abafada, mas esse detalhe não chega a comprometer seriamente a banda.

O Brutal Exuberância é mais uma banda de (Manaus/AM) bem expressiva na região norte, chegando até a tocar em outros estados."Planeta Cobiçado" é a faixa título de uma demo-tape lançada em 2006 e nos mostra um thrash metal bem oitentista, cantado em português e com uma ótima pegada.

Direto de Auckland/Nova Zelândia temos o Plague of Astaroth, única banda internacional presente na compilação. Na realidade não chega a ser uma banda e sim um projeto solo de Frostmoor, que toca todos os instrumentos em "Arcane Odium". O som é um black metal com toques de ambient. Apesar de Frostmoor não dominar completamente todos os instrumentos (principalmente a bateria), existem partes bem interessantes e "densas". Se ele continuar a trilhar esse caminho, com certeza será uma banda promissora.

O Hierarchical Punishment (Santos/SP) é mais uma banda veterana da Baixada Santista, na ativa desde 1994, que dispensa apresentações. "Hungry's Industry" faz parte do MCD "My Life is a Torture" e resume bem a proposta da banda, um death/grind muito bem tocado e coeso, com partes bem cadenciadas e mesmo assim brutal!

Na seqüencia temos mais uma banda de Curitiba/PR, o Necropsya. "Skull Crusher" tem uma sonoridade mais para o thrash metal, mesclando o old school com o moderno de forma coesa e muito competente. Mas sentimos a forte influencia do death metal principalmente no vocal. Essa mesmo música faz parte do CD Roars lançado em 2007.

O Gradus Pentalphae (Nova Iguaçú/RJ) está participando com a música "Evil Pure Essence" e nos mostra um black metal bem tocado, com boas passagens, onde também é possível notar influencias de metal tradicional nas guitarras.

Finalizando o CD temos o Malefactor (Salvador/BA), banda veterana, internacionalmente reconhecida. "Castle of Carnal Sins", faz parte do quarto CD da banda, Centurian, e nos mostra um Malefactor ainda mais amadurecido e consolidando um estilo próprio. Uma banda coesa, mesclando a melodia das guitarras, com uma variação surpreendente de vocais, que vão do gutural ao épico, aliada a peso e teclados muito bem encaixados. Nesta música em especial vale a pena destacar o duelo entre teclado e guitarras, sendo que o teclado lembra em algumas partes uma sonoridade característica do rock progressivo.

Para finalizar essa resenha vale a pena ressaltar que as cópias devem ser adquiridas com as próprias bandas, pois a Violent Rec não possui mais cópias da mesma.
Também já está rolando o processo de seleção de bandas participantes para a próxima coletânea - Endless Massacree II. Para maiores detalhes dê uma olhada neste post ou então entre em contato com a Violent Rec: violentrecs@yahoo.com.br

Aragorn procura músicos

Alex Riesco, ex baterista do Opus Tenebrae está a procura de guitarrista e baixista para um projeto chamado Aragorn, de influências viking, celta, folk e death com um estilo próprio.
Os interessados podem entrar em contato diretamente com o músico através do email tubara_tattoo@hotmail.com ou pelo profile do orkut

27 de out de 2008

Hierarchical Punishment neste sábado (01/11)!


A banda Hierarchical Punishment (foto), que recentemente teve a faixa "Hungry´s Industry" incluída no cd "Endless Massacre II", via Violent Recs., irá se apresentar no próximo sábado (01/11) no Espaço Studio G (Santos/SP), juntamente com os grupos Spit, Chainsaw, Softening of the Brain e Dark Witch (que conta com ex-integrantes do Angel e Dreamland); o evento é organizado pelo coletivo Distorção ZN. Este será o primeiro show do Hierarchical Punishment após o retorno do guitarrista Leão Gazzano (Repulsão Explícita) que havia saído do grupo há 1 ano atrás. Confiram o som das bandas no Myspace:
.
Hierarchical Punishment - www.myspace.com/hierarchicalpunishment


.
Softening of the Brain - www.myspace.com/softeningofthebrain
.

Serviço:
"Metal Gig" com Hierarchical Punishment, Dark Witch, Spit, Softening of the Brain e Chainsaw
Data: 01/11/08 (sábado)
Local: Espaço Studio G
End.: R. Dr. Carvalho de Mendonça, 80 (altos), Encruzilhada, Santos/SP (próximo ao canal 3)
Horário: 21h
Entrada: R$ 6,00 (merréka!)
Info: 13-9154-2469 (c/Diego) ou 3014-2984 (c/ Estefan)

14 de out de 2008

13 de out de 2008

Excursão - Opus Tenebrae em Guarulhos! 18/10, sábado

GUARU EXTREME FEST V - 18 DE OUTUBRO DE 2008
BANDAS :
*IMPERIOUS MALEVOLENCE ( CURITIBA/PR )
1º SHOW NO BRASIL APÓS TOUR EUROPEIA

*OCULTAN ( ABC/SP)

*ANARKHON ( GUARULHOS/SP )
1º SHOW EM GUARULHOS APÓS TOUR SUL AMERICANA

*CORPORAL SORES ( CARAPICUÍBA/SP )

*OBSCURE SIDE ( TUPÃ/SP )

* TOXIC WAR ( GUARULHOS/SP )

*OPUS TENEBRAE ( SANTOS/SP )


Valor: 28,00 (excursão) + 10,00 (ingresso)
Saída: 18/10 - Sábado, às 18:30h. Em frente ao Clube Atlético, no Canal 3

Contatos: opuscontato@hotmail.com

7 de out de 2008

Banda santista Shadowside encerra turnê internacional

A banda brasileira Shadowside terminou mais uma bem-sucedida turnê internacional. Após três apresentações em território espanhol, o grupo liderado pela vocalista Dani Nolden aterrissou pela quarta vez na carreira nos EUA para mais uma série de shows. Desta vez, a excursão passou pelos estados de Oklahoma, Texas, Ohio, Pennsylvania, Minnesota, Illinois e Indianapolis – onde foram uma das atrações principais do Indianapolis Metal Fest II.
 
Mesmo a excursão tendo sido idealizada para promover o debut álbum Theatre of Shadows, a Shadowside aproveitou a oportunidade para divulgar as composições de seu próximo registro fonográfico Dare to Dream. Este trabalho foi produzido e mixado por Dave Schiffman (System of A Down, Audioslave, Avenged Sevenfold e outros) e masterizado pelo engenheiro de som Howie Weinberg (Metallica, Iron Maiden, Aerosimith, Pantera, entre outros), no Masterdisk Studio, em Nova York. Músicas como Highlight, Red Storm, Nation Hollow Mind, In The Night, Baby in the Dark e Memories novamente tiveram uma bela resposta e interação por parte do público.
 
Agora, os integrantes da Shadowside ganharam alguns dias de folga até os próximos compromissos já agendados. Neste momento, o management da banda se concentra no agendamento de novos shows pelo Brasil e entrevistas com os meios de comunicação de todo Mundo. Vídeos e fotos das apresentações da Shadowside estão disponíveis em www.myspace.com/shadowsideband

5 de out de 2008

Philips Monsters of Rock: Momentos eternos

1998. Era ano de eleição para presidente, onde FHC acabou se reelegendo. Ano de Copa do Mundo também, onde a Seleção Brasileira teria um final trágico, tomando um verdadeiro sacode da França na Final. Mas, se para os lados do futebol as coisas não iam bem, para os fâs de rock n´ roll tudo era motivo de festa, afinal, a quarta edição do festival "Philips Monsters of Rock" estava confirmada para o dia 27 de setembro, no Ibirapuera.
E o "cast"? Ah, o cast....foi de enlouquecer qualquer ser pensante. Glen Hugues, Saxon, Dream Theater, Manowar, Megadeth e, encabeçando o evento, o Slayer. Está faltando bandas nacionais? Então coloca o Korzus e o Dorsal Atlãntica para abrir. Pronto, temos aí um evento que já pode ser considerado histórico para o Brasil.
A diferença do Philips Monsters, é que realmente temos uma seleção de "Monstros do Rock" , ao contrário de um Rock In Rio que , a despeito de também ter sido de tamanha importância para o Brasil, contava com artistas dos mais variados estilos, alguns fora do rock inclusive. Ou seja, nunca um festival fez tão jus ao título quanto o Philips Monsters.
Atualmente, o festival que está seguindo os padrões do Monsters é o Live N´ Louder, que inclusive já teve duas edições, em 2005 e 2006. Mas...será que ele vai ser lembrado daqui há 10 anos?
Pequenas curiosidades que rolaram nas 4 edições do festival:

- Uma "quase" formação original do Black Sabbath esteve presente na edição de 1994. Tony Martin que acabou tendo a difícil missão de encarnar Ozzy Osbourne na frente de 50 mil pessoas.
-Slayer, Megadeth e Raimundos participaram em mais de uma edição.
-O baterista Jimmy DeGrasso tocou em duas edições com bandas diferentes. 1994 com o Suicidal Tendencies, e em 1998 com o Megadeth
-A edição de 1996 marcou o fim da formação original do Skid Row. Isso mesmo, a última turnê sob o comando de Sebastian Bach ocorreu na América do Sul na época do festival.
-Por falar em Raimundos, a banda foi motivo de uma das maiores polêmicas do festival quando, em 1996, tocou depois do Helloween, com o dobro do tempo, luz, equipo e etc. Isso deixou muito fã da abóbora alemã pra lá de emputecido.
-A edição "gringa"do Monsters, ocorreu por diversos anos na região de Castle Donington, na Inglaterra. A primeira em 1980, e a última em 1996.
-Se fosse eleger os "vilões" do festival, 3 vocalistas disputariam a taça. César Maurício do Virna Lisi, tomou a maior vaia quando disse "vou tocar um baião pois estamos no Brasil" na edição de 1995. No ano seguinte, foi a vez de Sebastian Bach (Skid Row) ser alvo de tudo quanto é tipo de objetos impiedosamente atirados ao palco, e Blaze Bailey (Iron Maiden), que foi vítima de duras críticas pela imprensa especializada.
-Também em 1996, King Diamond se apresentou com o Mercyful Fate e em seguida, com sua banda solo. Ele não costuma fazer isso com tanta frequência.
-A banda brasileira mais famosa de todos os tempos, o Sepultura, curiosamente não participou de nenhuma das 4 edições.

3 de out de 2008

Baladas nesse sábado!

14:00h - 70 Special Jam Session (São Vicente) - Churrasco do 1/2 kg!
Infos aqui

22:00h
Rolou um boato que o Royal Mercurio tinha fechado, mas o que realmente aconteceu é que eles tiveram um problema com a documentação, mas isso já foi resolvido e a casa está funcionando normalmente.

2 de out de 2008

Hugin Munin é destaque em coluna Rock Metal do portal da TV Tribuna


A banda santista de Viking Metal, HUGIN MUNIN, é destaque da coluna Rock Metal publicada no portal da TV Tribuna, emissora filiada a Rede Globo na Baixada Santista, desta semana.

O grupo formado por Surt (vocal), Thorgrim e Hjalmar (guitarras), Carcharoth (baixo) e Modi (bateria) será uma das atrações do Hard in Heavy V, festival que acontece neste sábado, na Royal Mercúrio, em Santos.

Acesse http://tvtribuna.globo.com/colunas/ e confira também review sobre o show do Matanza na cidade, dica de shows e muito mais!